Pata de vaca para diabetes

(Last Updated On: May 5, 2017)

 Aprenda como usar pata de vaca para diabetes


 

Sumário

A

pata de vaca ( Bauhinia forficata) ganha o seu nome devido a forma de sua folha. É uma árvore de tamanho médio que pode chegar a 7 ou 9 metros de altura. Em seus galhos se encontram várias flores brancas, e vagens de cor marrom. O gênero Bauhinia abrange cerca de 500 espécies de arbustos e pequenas árvores. A Bauhinia  forficata é a variedade mais resistente entre as outras. Outras variedades também possuem propriedades anti-diabéticas porém menos conhecidas ou estudadas. Esta planta cresce bem em florestas tropicais e áreas tropicais no Brasil, Peru, Paraguai, Oriente, e também no Nordeste da Argentina. É bastante comum no Rio de Janeiro e nas regiões no sul da Mata Atlântica.

Pata de vaca é um remédio anti diabético bem conhecido e comum no Brasil e em várias partes da América do Sul, e pode ser encontrado em farmácias que vendem remédios fitoterápicos. Apesar da documentação histórica ser pobre, pata de vaca é conhecida e utilizada e confiada por mais de 60 anos como um potente hipoglicêmico, diurético e purificador do sangue.

No Brasil e em outras partes da América do Sul um extrato da folha é usado internamente e externamente para curar elefantíase e picadas de cobra e também uma série de outros problemas de pele. Foi usada para tratar sífilis.

Quanto ao tratamento do diabetes, pata de vaca é as vezes chamada de “insulina vegetal”. A infusão feita a partir das folhas são eficazes não apenas para reduzir níveis de açúcar no sangue, mas também para tratar outros sintomas da diabetes, tais como poliúria, e problemas renais.

Estudos sobre diabetes

Pata de vaca foi amplamente estudada por suas propriedades anti diabéticas. Os primeiros estudos surgiram em 1929 sendo concluídos por pesquisador brasileiro. Logo após este primeiro estudo, outro foi feito em 1931, usando cães para testes.

Em 1941, o mesmo pesquisador brasileiro publicou outro estudo que investigava as propriedades anti hiperglicemicas em humanos, cães e coelhos. Em seguida outro estudo foi financiado em 1945, com o objetivo de descobrir quais eram os compostos ativos presentes na pata de vaca e sua eficácia no tratamento da diabetes. Nenhum outro estudo foi produzido até a década de 80.

Mesmo antes do aparecimento dos estudos, a pata de vaca já era um remédio popular, usado para reduzir o açúcar no sangue. Em meados da década de 80 outros dois estudos emergiriam validando o uso popular da planta como um substituto natural da insulina. Ambos estudos demonstraram propriedades anti hipoglicemicas em vários animais e modelos humanos de forma equivalente.



Um estudo chileno revelou propriedades anti-diabéticas em ratos em 1999. O estudo determinou que pata de vaca diminuiu 39% do açúcar no sangue em ratos  diabéticos. Dois outros estudos foram realizados em 2002 por diversos grupos de pesquisa no Brasil. Outros estudos também descobriram que depois de um mês recebendo infusão de pata de vaca “uma redução significativa no soro e glicose urinária foi notada”. Em 2004, um grupo de pesquisa observou que os triglicérides e colesterol total também foram reduzidos. Propriedades antioxidantes também foram encontradas. Os estudos também indicaram que não houve efeitos tóxicos em animais ou humanos incluindo-se gestantes.

Propriedades anti-diabéticas

Os possíveis agentes químicos principais encontrados na Pata de vaca são:

  • Astragalin
  • Bauhinoside
  • Beta-sitosterol
  • Flavonóis
  • Flavonóides
  • Glicosídeos
  • Guanidina
  • Heteroglycosides
  • Kaempferintrin
  • Ácidos orgânicos
  • Quercitrosides
  • Ramnose
  • Saponinas

Astragalin bem como flavonóides, alkaloinds e glicósidos são encontrados nas folhas. Alguns destes compostos ajudam a reparar as células renais e também têm propriedades diuréticas.

Pata de vaca haje melhorando o controle da glicose através de uma melhora no metabolismo de carboidratos e proteínas. Verifica-se que esta melhoria ocorre sem dano para o fígado, vias biliares ou músculos.

Como identificar a planta

Lembre-se, existem 500 especies. Outra especie muito comum é a Bauhinia variegata ou Casco-de-vaca-lilás que é muito usada como planta ornamental em todo o Brasil. Na Índia existem outras variedades que também são úteis por suas propriedades medicinais. Sua melhor opção é procurar produtos já manufacturados mas se for usar a planta como chá certifique-se de que é Bauhinia forficata. Assista o vídeo abaixo e aprenda a identifica-la.

Como usar

Um copo ou meio de uma infusão padrão de folha 2-3 vezes ao dia com as refeições.

 

Use tintura líquida, conforme indicado pelo fornecedor ou como tolerado.

 

Verificar os níveis de açúcar no sangue com frequência. Tenha cuidado se estiver a tomar insulina ou outros anti hyperglicemicos orais.

Contra-indicação

Pata de vaca tem sido documentada como tendo um efeito hipoglicémico em estudos em animais e humanos. É contra-indicado para pessoas com hipoglicemia. Diabéticos que desejem utilizar esta planta devem procurar o conselho e supervisão de um profissional de saúde qualificado. Procure profissionais de saúde que conhecem e aprovam o uso da planta. Durante a utilização desta planta os níveis de açúcar no sangue devem ser cuidadosamente monitorizados e os medicamentos previamente usados para o controle da diabetes devem ser re avaliados ou ajustados.

Interações medicamentosas: pode potenciar os efeitos de medicamentos antidiabéticos como a insulina.

Referencias

  1. Evaluation of toxicity after one-months treatment with Bauhinia forficata decoction in streptozotocin-induced diabetic rats
  2. FLAVONÓIDES GLICOSILADOS DAS FOLHAS E FLORES DE BAUHINIA FORFICATA (LEGUMINOSAE)
  3. Revisão do Gênero Bauhinia Abordando Aspectos Científicos das Espécies Bauhinia forficata
  4. ANÁLISE MORFOANATÔMICA COMPARATIVA DA FOLHA DE Bauhinia forficata
  5. Determinação Quimica e biologica de Bauhinia forficata
  6. Estudo fitoquímico de Bauhinia forficata (Fabaceae)
  7. Avaliação da atividade antioxidante de duas espécies de leguminosae
  8. Antidiabetic Activity of Bauhinia forficata Extracts in Alloxan-Diabetic Rats
  9. Bauhinia forficata: Brazilian Orchid Tree
  10. Tropical plant dababase
  11. Technical Data Report for PATA DE VACA

Imagens: flickr.com, flickr.com, flickr.com, flickr.com, flickr.com, flickr.com, flickr.comflickr.com

Comments

comments

In Category: DIABETES BRASIL

Marcos Taquechel

Marcos is an RN. Thanks for stopping by and reading my posts. I hope you are able to get something useful out of this blog. Take good care of yourself and don’t worry about anything until you have something to worry about.

Show 0 Comments
No comments yet. Be the first.

Leave a Comment